Mulheres, crianças e trabalhadores(as) na identidade local: uma análise do conjunto monumental na praça 1º de maio em Londrina-PR / Women, children and workers in local identity: an analysis of the monumental complex in the square May 1st in Londrina-PR

Bruno Sanches Mariante SILVA

Resumo


Londrina, surgida como empreendimento capitalista nos anos 1930, viveu, a partir dos anos 1950, um período de grande pujança econômica, alinhando-se aos ideais de modernidade e progresso. Nesse contexto, o conjunto monumental presente na praça 1º de maio começou a ser desenhado, refletindo os ideais de modernidade e modernismo. Trata-se de uma creche e posto de puericultura chamados “Casa da Criança” (1956); uma Concha Acústica (1957); e, mais recentemente, o Memorial do Pioneiro (2007), com 17 monumentos em forma de obeliscos que trazem, entre textos e imagens, sem distinções, 3800 nomes de pessoas que chegaram à cidade até dezembro de 1939. Desse modo, na praça se entrelaçam discursos sobre a modernidade (pretendida dos anos 1950), maternidade e infância, trabalhadores e trabalhadoras que construíram a cidade, e o conceito revisitado de pioneiro. Elementos que se articulam, de formas diversas, na (re)elaboração da identidade londrinense através dos anos.


Palavras-chave


Monumentos. Londrina. Modernidade. Identidade local. Maternidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

Centro de Documentação e Apoio à Pesquisa Av. Dom Antônio, 2100 - Pq Universitário

CEP - 19.806-900 - Assis - SP - Brasil
Telefone (18) 3302-5835
e-mail: patrimonioememoria@gmail.com
http://www.cedap.assis.unesp.br

Indexadores


Portal RedibLatindexDiadorimHarvard Library

Periodicos Capes

SHERPA/RoMEOEBSCOPKP logo
SEERDialNetOAJIEZB
erihplus