Imprensa e resistência negra em Clóvis Moura: de documento histórico a grupo específico de autodefesa (1959-1983) / Press and black resistence on Clóvis Moura: from historical document to specific group of self-defense (1959-1983)

Cleber Santos VIEIRA

Resumo


O presente artigo analisa os usos da imprensa como documento histórico e a imprensa negra como objeto de pesquisa no primeiro ciclo de estudos de Clóvis Moura, que abrange os livros Rebeliões da Senzala (1959), O Preconceito de Cor na Literatura de Cordel (1976), O Negro: de Bom Escravo a Mau Cidadão? (1977), Os Quilombos e a Rebelião Negra (1981) e Brasil: Raízes do Protesto Negro (1983). Tomando-se por base as considerações de Tânia de Luca acerca da história dos periódicos, demonstra-se o percurso historiográfico trilhado por Clóvis Moura sobre a história do negro no Brasil por meio da imprensa e sobre a história dos periódicos produzidos pela população negra, eles mesmos, como manifestações culturais e políticas de grupos específicos.


Palavras-chave


Clóvis Moura. Imprensa Negra. História da Imprensa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

Centro de Documentação e Apoio à Pesquisa Av. Dom Antônio, 2100 - Pq Universitário

CEP - 19.806-900 - Assis - SP - Brasil
Telefone (18) 3302-5835
e-mail: patrimonioememoria@gmail.com
http://www.cedap.assis.unesp.br

Indexadores


Portal RedibLatindexDiadorimHarvard Library

Periodicos Capes

SHERPA/RoMEOEBSCOPKP logo
SEERDialNetOAJIEZB
erihplus